fbpx
Escolha uma Página

Já ouviu falar em Marketing de Afiliados no Turismo ?

Esse é um tipo de estratégia que vem crescendo ao longo dos últimos anos e já é bem consolidada no mercado digital, e que pode se tornar um grande aliado do seu negócio.

O trade do turismo devagar está descobrindo o marketing de afiliados e seu potencial real para aumentar o turismo e a geração de negócios. Ao contrário das plataformas de viagens online, que tem seus programas estruturados e aumentam muito sua capacidade de venda e alcance através da audiência dos influenciadores de viagem.

Leia também o post: Como Influenciadores de Viagem e Negócios Locais podem fazer Parceria

Esse post tem o objetivo de estimular às empresas do trade a adotarem essa estratégia, além de ganhar com os programas de outras empresas que já existem. 

Para aproveitar a oportunidade trazida pelo marketing de afiliados para o seu negócio, é preciso entender o que é, como funciona e que tipo de estratégias você pode utilizar na sua empresa.

Continue lendo e confira os aspectos relevantes do marketing de afiliados para sua empresa de turismo.

O que é Marketing de Afiliados

Marketing de Afiliados é uma forma de publicidade online na qual o afiliado divulga produtos e serviços dos anunciantes em troca de uma comissão, que pode ser gerada por meio de cliques, por vendas e ações específicas, entre outros formatos de comissionamento.

Diferente de um revendedor que realiza a venda, o afiliado tem o papel de indicar o negócio, e ganhar pelo resultado gerado.

O marketing de afiliados já é uma estratégia bem desenvolvida no mercado de produtos digitais e em empresas com formato de ecommerce e já vem sendo largamente usada por grandes empresas de turismo do mercado online. 

Por exemplo, é bem comum de ver por aí muitos blogs de viagem com buscadores do Booking.com, e indicando às hospedagens cadastradas nessa plataforma. Quando o leitor daquele blog segue aquela indicação e efetua a reserva ele uma ganha comissão pela venda gerada.  

Ou seja, o afiliado ganha comissão quando dá resultados para o anunciante, tornando essa estratégia vantajosa para ambas as partes.

No segmento de turismo, existem muitas possibilidades para trabalhar a estratégia de marketing de afiliados, e existem vários modelos de negócios que podem aderir a este tipo de marketing, como por exemplo:

  • Hotéis
  • Pousadas
  • Operadores de passeios
  • Empresas de transfer
  • Agências de viagem
  • Guias de Turismo
  • Influenciadores e Blogueiros de Viagem

Ao longo desse post você verá mais alguns exemplos.

Como o Marketing de Afiliados funciona?

Aqui estão algumas definições que podem ajudá-lo a entender melhor o marketing de afiliados no turismo:

Anunciante ou Comerciante  

Um comerciante é uma empresa, que pode ser uma empresa de viagens on-line como Booking.com, mas também uma pequena empresa de turismo que comercializa e vende produtos e serviços.

 

Afiliado

Um afiliado é uma pessoa, como um blogueiro de viagem, ou uma empresa, como um colega operador de turismo em seu destino que auxilia o comerciante na divulgação de produtos e serviços em troca de uma comissão.

 

Relacionamento comerciante x afiliado (ou afiliação)  

No relacionamento entre comerciante e afiliado, o afiliado atua como um “promotor de vendas” independente que promove os produtos e serviços do comerciante.

Para que as comissões sejam geradas o comerciante deve rastrear os visitantes recebidos para determinar qual afiliado enviou a venda. 

 

Rastreamento e gerenciamento das Vendas

Para que todos ganhem com essa relação, o ideal é fazer uso de um software que possa controlar melhor a origem das visitas ao site e conversão das vendas, por isso o mercado das vendas online é o principal utilizador da estratégia.

O software atua para que todas às indicações e o tráfego trazido pelo afiliado seja identificado, e o afiliado consiga receber pelo trabalho que fez.

Cada afiliado possui um identificador exclusivo, que será divulgado por ele com o objetivo de gerar vendas para a empresa.

Quando o afiliado consegue vender, a sua porcentagem previamente acordada deve ser paga visando manter a motivação desse profissional para efetuar novas vendas.

 

O afiliado não tem responsabilidade de fechar a venda

Entenda que o afiliado não é um revendedor que realiza e recebe o valor da venda. De maneira simples, ele é alguém que indica o negócio aos potenciais clientes, e o próprio negócio realiza a venda e processa os pagamentos. 

O afiliado dessa forma não é responsável pelo produto, formas de pagamento e relacionamento com o consumidor pós venda.

Voltando ao exemplo do Booking, o blogueiro indica a hospedagem, mas o cliente fecha a venda e se comunica com a plataforma do Booking. O blogueiro não tem responsabilidade sobre aquela reserva.

Marketing de afiliados X Marketing de indicação

O marketing de afiliados tem uma estrutura semelhante ao marketing de indicação, pois ambos usam incentivos a terceiros para gerar novas receitas.

A principal diferença é que o marketing de afiliados se concentra em parceiros para enviar clientes para sua empresa por uma motivação financeira. Já o marketing de indicação é focado em recompensar os clientes atuais para convidar seus amigos para experimentar seu produto / serviço.

O marketing de indicação gira em torno do relacionamento com seus clientes, que promovem pessoalmente sua marca para novos usuários, a fim de ganhar recompensas, de preferência para eles e seus amigos.

Ambas são excelentes estratégias para alcançar mais pessoas, mas esse post será focado na estratégias de Marketing de Afiliados no Turismo.

Como trabalhar com Programas de Afiliados de Viagem e Turismo?

Você pode trabalhar basicamente de duas formas:

1. Ser afiliado de outras empresas

Trabalhar como afiliados de outras empresas, indicando produtos e serviços por todas as partes do mundo. Essa opção é mais utilizada para produtores de conteúdo, influenciadores de viagem e blogueiros.

Existem muitas empresas grandes que já trabalham com programas de afiliados no segmento de viagem e turismo a nível mundial. É o caso por exemplo de empresas como:

  • Booking.com
  • Expedia.com
  • TripAdvisor Experience
  • Get Your Guide
  • Airbnb

Observe que como mencionado, essas grandes agências de viagem online já tem seus programas estruturados, e por isso recebem grande parte de todo o tráfego online gerado pelos blogs de viagem.

2. Ter seu próprio programa de afiliados 

Criar a sua própria estrutura para a venda do seu negócio local. Essa opção pode ser utilizada basicamente por qualquer negócio local de turismo.

Qual opção se encaixa para o seu negócio? 1 ou 2, ou as duas opções?

 

Para quem opta pela opção 1, conheça o post com alguns dos principais programas de afiliados no turismo que você pode se cadastrar e começar a indicar para ganhar.

Na opção 2, no caso de negócios locais, continue aqui para saber mais sobre como trabalhar com essa estratégia.

Conclusão

Os programas de afiliados já são amplamente utilizados por grandes empresas de viagens. Mas também as pequenas e médias empresas do trade de turismo podem se beneficiar do marketing de afiliados e absorver às indicações dos blogueiros e influenciadores.

Como cada vez mais as estratégias do mercado digital estão sendo incorporadas no “mundo offline”, e se faz necessário que as empresas se atualizem e estejam prontas para ganhar dessa forma. 

Redação

Redação

Profissionais e parceiros especialistas em conteúdo Web

Conecte-se nas nossas Redes Sociais

Isenção de Responsabilidade

Todas as informações contidas nesse Blog são provenientes de pesquisas, estudos, experiências e tem o objetivo de contribuir com informações, insights e sacadas que possam, ou não, ser aplicadas de acordo com cada realidade.

Apesar do esforço para garantir a qualidade das informações, nenhum conteúdo oferece garantias de resultados e não devem ser considerados como verdades absolutas.

Todos os nomes ou referências de marcas, produtos e serviços mencionados são de propriedade de seus respectivos donos.

%d blogueiros gostam disto: